Policlínica Camboriú

Paciente comete ato violento em posto de saúde em Camboriú

A Secretaria de Saúde de Camboriú esclarece que na manhã de terça-feira (17), uma paciente cometeu um ato violento ao ser atendida na central de regulação, anexa a Policlínica.

Além de danificar três computadores, a mulher também agrediu três servidoras. Após o ato, ela foi atendida pela equipe médica e encaminhada pelo SAMU ao Pronto Socorro do hospital municipal.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e as servidoras registraram Boletim de Ocorrência e realizaram o exame de Corpo Delito.

O caso agora será investigado pela Polícia Civil. Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela continua a ser crime, conforme previsto no art. 331 do Código Penal, com detenção de seis meses a dois anos, ou multa.

A paciente consultou no último dia 23 de outubro com o reumatologista e não tinha nenhuma solicitação pendente. Ela exigia um retorno, a qual não havia protocolado até a data de ontem.